Osteotomia do joelho: o que é e quando é indicada

Osteotomia do joelho: o que é e quando é indicada

Você com certeza já deve ter visto alguma pessoa sofrer, não apenas no caminhar, mas provavelmente por se sentir constrangida devido a alguma má-formação do joelho. Essas malformações fazem com que as pernas fiquem totalmente abertas ou fechadas, dificultando ao máximo o caminhar do paciente. Agora, descubra os fatores responsáveis pelo problema.

Primeiramente, o que é a osteotomia?

A osteotomia é um procedimento cirúrgico voltado para a correção do mau alinhamento dos joelhos, com relação ao corpo e às pernas. Determinados estágios da artrose comprometem de tal forma o joelho, que as pernas ficam fechadas em formato de X, ou demasiado abertas, tal qual uma ferradura. Isso pode ocorrer com apenas um joelho, bem como nos dois. Nessas circunstâncias, o médico procede com a osteotomia.

Onde é realizada a osteotomia? No próprio joelho?

Não, ela pode ser feita tanto na tíbia quanto no fêmur, ou seja, no osso da perna ou no osso da coxa. A finalidade deste procedimento é recuperar o alinhamento do membro e resguardar o joelho do sobrepeso e dos riscos de uma sobrecarga na área. Ela permite uma redução da dor no paciente e a melhora significativa da mobilidade no dia a dia.

Quando chega o momento de fazer esta cirurgia?

É indicada geralmente para pessoas que tenham menos de 60 anos e desfrutam de boa mobilidade e peso adequado. O momento crucial de finalmente realizar a cirurgia é quando se torna visível a alteração do eixo da perna que, como já fora explicado, pode manter-se mais aberto em forma de ferradura, ou mais fechado, em forma de X. Ou seja, isso significa que a artrose já está comprometendo sua mobilidade.

Pacientes que tenham este problema em apenas um joelho – ou seja, apenas uma perna se encontra fechada – também podem fazê-lo, uma vez que se enquadrem nos pré-requisitos.

E como é realizada a osteotomia?

Primeiramente, o ortopedista terá que avaliar o grau de correção necessário para o alinhamento de uma ou das duas pernas. Esse “ajuste” é feito por um corte ósseo controlado, que automaticamente alinha o membro para o eixo que se deseja. Esse corte pode ser feito no fêmur, que é o osso localizado na coxa, ou na tíbia, que é o osso localizado abaixo do joelho.  

Desta forma, a osteotomia forma uma espécie de cunha, que pode ser removida do osso ou adicionada a este, corrigindo o problema.

Em alguns casos, ainda é necessário um enxerto utilizando-se pedaços de ossos sintéticos,  ou mesmo retirados de outros ossos do próprio paciente. Geralmente, são escolhidas partes da crista ilíaca ou do fêmur. Na sequência, a osteotomia é presa por parafusos especiais que irão propiciar estabilidade, até que haja  a consolidação do osso. Evidentemente, nervos e vasos são todos resguardados.

E o pós-operatório? Quais cuidados a Osteotomia exige?

Nem precisa dizer que não se deve pegar peso após a osteotomia. Para caminhar, deve-se utilizar uma muleta para sobrecarga do próprio peso. Assim, poupa-se os joelhos. Deve-se usar as muletas por um período de seis a oito semanas. A consolidação óssea leva de seis a 12 semanas. Portanto, muita paciência e nada de abusos: repouso relativo e comparecimento às sessões de fisioterapia são essenciais para a recuperação!

Depois de 100% de recuperação, a osteotomia permite a prática de esportes e até mesmo de impacto. Isso significa uma chance de retorno à vida normal!

Caso tenha dúvidas, agende uma consulta e venha conversar comigo! Estou pronto a lhe ajudar!

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter. Ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte!

Autor:

Dr. Marco Túlio
Condromalácia patelar: sintomas, causas e tratamentoscondromalácia patelarcirurgia de joelho6 cuidados no pós-operatório da cirurgia de joelho

CONTATO DR. MARCO TÚLIO




Atendimento:

Ortolife
Avenida do Contorno Nº 4747 Sala 901
Bairro: Funcionários
Telefone: (31) 3223-5080

D.A.L
Av. Pres. Antônio Carlos, 1694
Bairro:  Cachoeirinha
Telefone: (31) 3421-4666

Médico:

Dr. Marco Túlio Lopes
Ortopedista – CPM 23655

Desenvolvimento:

Formulário de Contato







    WhatsApp chat