Tudo o que precisa saber sobre a lesão do menisco

Tudo o que precisa saber sobre a lesão do menisco

Uma das lesões mais frequentes no joelho, a lesão do menisco pode trazer consequências sérias no futuro, principalmente quando ocorre em pacientes muito jovens.

O que é o menisco?

O menisco (cada joelho tem dois, um de cada lado da junta) é uma estrutura cartilaginosa que funciona para melhorar a distribuição de forças dentro do joelho, ou seja, funciona como um tipo de “amortecedor”.

Além disto, os meniscos ajudam na lubrificação da cartilagem do fêmur e também no perfeito encaixe entre os ossos do fêmur e da tíbia ajudando, junto com os ligamentos, a manter a estabilização do joelho.

Outro ponto importante é que os meniscos têm uma grande parte avascular, ou seja, que não recebe sangue. Isto acaba levando a um atraso ou até mesmo uma não cicatrização das rupturas, dependendo do local onde esta lesão aconteceu.

Qual a consequência da lesão do menisco?

A retirada completa de um menisco rompido pode produzir uma concentração excessiva de pressões sobre a região em que ele estava presente, fazendo com que a cartilagem (capa esbranquiçada que recobre o osso) desta região funcione sobrecarregada e sofra um desgaste acelerado e progressivo (artrose).

Tipos de lesão do menisco:

Existem basicamente dois tipos de lesões de menisco. A chamada LESÃO TRAUMÁTICA, comum nos traumas torcionais (entorses) e a LESÃO DEGENERATIVA, que acomete pessoas mais idosas, normalmente pelo tempo de uso da junta, associado a outros fatores, como obesidade, deformidades do eixo dos joelhos e deficiências crônicas do condicionamento muscular.

A lesão traumática tende a ser de tratamento cirúrgico, enquanto a lesão degenerativa tende a ser de tratamento não cirúrgico (ou conservador).

Tratamento da lesão do menisco:

O tratamento cirúrgico consiste ou na retirada do pedaço do menisco que se rompeu ou no reparo ou sutura deste menisco. A decisão depende basicamente da localização desta ruptura e das condições do menisco.

Lesões pequenas e localizadas na parte mais interna do menisco, que é totalmente avascular (sem suprimento de sangue), não tem potencial de cicatrizar e devem ser retiradas, mantendo-se o restante do menisco que estiver integro. Quanto mais menisco “sobrar”, melhor.

Lesões na periferia do menisco, região que recebe um bom aporte de sangue, tendem a cicatrizar bem e devem ser reparadas (suturadas com pontos ou outros artifícios).

Toda a cirurgia de menisco é realizada com o auxílio de vídeo, a chamada artroscopia, que permite que visualizemos a parte interna da junta e os detalhes da lesão.

 

A recuperação destas cirurgias tende a ser rápida e pouco ou nada dolorosa.

A fisioterapia é parte importante na recuperação total, tanto nos casos de tratamento conservador quanto nos de tratamento cirúrgico.

Mais informações clique AQUI

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte.

Tags:

Autor:

Dr. Marco Túlio

3 Comments

  • Haydee guizan on dezembro 16, 2017

    Muito obrigada pelo artigo.
    Haydee .

    • Dr. Marco Túlio Lopes Caldas on dezembro 17, 2017

      Eu que agradeço seu interesse. Grande abraço!

  • Elisangela Bello on fevereiro 9, 2018

    Olá,boa tarde. Li o artigo e gostaria de saber se a indicação de tratamento para toda lesão traumática de menisco é cirúrgica. Recebi uma recomendação médica para realizar esta cirurgia pela 2ª vez no mesmo joelho e gostaria de saber se não existe outra opção.
    Observação: Não sou atleta,

Cinco Medidas para Prevenir e Reduzir os Sintomas da ArtroseFortalecimento joelhoComo prevenir as lesões no futebol

CONTATO DR. MARCO TÚLIO




Atendimento:

Ortolife
Avenida do Contorno Nº 4747 Sala 901
Bairro: Funcionários
Telefone: (31) 3223-5080

D.A.L
Av. Pres. Antônio Carlos, 1694
Bairro:  Cachoeirinha
Telefone: (31) 3421-4666

Médico:

Dr. Marco Túlio Lopes
Ortopedista – CPM 23655

Desenvolvimento:

Formulário de Contato







    WhatsApp chat