Lesão do menisco discoide: o que é e como tratar

Lesão do menisco discoide: o que é e como tratar

O menisco discoide é um problema que atinge 3% de toda a população mundial. Consiste em uma anomalia congênita que pode ocorrer em um ou ambos os meniscos dos joelhos, principalmente o menisco lateral. É um problema na anatomia que altera o formato comum dos meniscos, que, naturalmente, são semilunares.

O menisco está localizado entre a parte lateral do fêmur e da tíbia, o que o faz ser pressionado entre ambos os ossos. Diminui-se, assim, a absorção de impactos e aumenta o risco de problemas na região. Um deles é a lesão no menisco discoide. Neste artigo falaremos mais sobre o que é e como tratar lesões do gênero na região do joelho.

O que é a lesão do menisco discoide?

É o problema que surge pela má-formação da cartilagem na articulação tíbio femoral, que apresenta sintomas parecidos com meniscos sem a anomalia congênita. Como ele não tem o ligamento conhecido como Wrisberg, o impacto, ao praticar esportes, por exemplo, faz com que ocorra um tipo de lesão específica do joelho, com sintomas e tratamentos singulares.

Comumente o menisco discoide sofre mais lesões na adolescência e também por realização de exercícios físicos. Outra razão das lesões é a pouca vascularização dessa região, diminuindo a cicatrização até nas pequenas lesões.

Como identificar a lesão

Alguns sinais indicam lesão no menisco discoide, enquanto outros podem ser confundidos com problemas meniscais comuns. Estalos, complicações ao tentar movimentar completamente o joelho, dores localizadas e inchaço podem ser sintomas de que o menisco discoide está lesionado.

A principal forma de identificação precisa é a ressonância magnética, que aponta se há má-formação no menisco e em quais pontos aconteceu a lesão. A radiologia também contribui para o diagnóstico.

Tratamento

A lesão no menisco discoide não precisa de imediata intervenção cirúrgica. A cirurgia só será realizada se houver a lesão sendo tratada com outros problemas do menisco. O tratamento pode ser feito com teste de equilíbrio de força e avaliações biomecânicas para diminuir a incidência de lesões, além de fisioterapia constante.

No caso de cirurgia, é realizada através de um tratamento artroscópico, que retirará a parte lesionada do menisco discoide, procedimento conhecido como meniscoplastia. É uma intervenção cirúrgica minimamente invasiva que permite deixar o menisco com o formato natural que deveria apresentar. Contudo, é preciso avaliar cada quadro, a fim de verificar se é possível e necessária a cirurgia no local.

Cada lesão no menisco discoide precisa ser entendida e avaliada para ser definido o melhor tratamento. Muitas pessoas não sabem que são portadoras da anomalia congênita e podem confundir com um problema comum no joelho. Identificar e tratar essas lesões é indispensável para evitar dores e redução de mobilidade.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte.

Tags:

Autor:

Dr. Marco Túlio
Trombose venosa profunda: diagnóstico e tratamentotrombose venosa profundaViscossuplementação: você já ouviu falar disso?

CONTATO DR. MARCO TÚLIO




Atendimento:

Ortolife
Avenida do Contorno Nº 4747 Sala 901
Bairro: Funcionários
Telefone: (31) 3223-5080

D.A.L
Av. Pres. Antônio Carlos, 1694
Bairro:  Cachoeirinha
Telefone: (31) 3421-4666

Médico:

Dr. Marco Túlio Lopes
Ortopedista – CPM 23655

Desenvolvimento:

Formulário de Contato







    WhatsApp chat