Joelho valgo: sintomas, causas e tratamentos

Joelho valgo: sintomas, causas e tratamentos

Joelho valgo é um problema na articulação que torna as pernas unidas no meio, mas mantém os pés afastados, formando um “X”. Esse desalinhamento, também denominado geno valgo, pode evoluir para quadros mais graves, como artrose.

O oposto dessa condição é o joelho varo, em que os membros inferiores ficam arqueados. Curioso é que, antes de virarem problemas na vida adulta, essas características são naturais na infância.

Quando a criança está aprendendo a andar, ela tem os pés mais unidos e os joelhos afastados, formando uma amplitude. Poucos anos após esse período, vai ocorrendo uma compensação com o joelho valgo, até que as pernas se alinham.

Esse processo não normaliza em algumas pessoas. Esse é o fato que este texto vai detalhar.

Sintomas e causas do joelho valgo

Quando as pernas em X não são corrigidas na infância, os adultos podem sofrer evolução do problema, que tem a dor como o principal sintoma, além de desgaste na articulação. Isso prejudica as atividades do dia a dia, como caminhar, passar muito tempo em pé e subir escadas.

Mulheres sofrem mais

A genética pode ser uma das causas do geno valgo, mas existem outros fatores de risco. As mulheres costumam ser mais acometidas, uma vez que tendem a ter o quadril mais largo e menos massa muscular que os homens.

Além disso, durante a prática de esportes, como corrida, o impacto é um fator de sobrecarga à região.

Esforço que traz consequências

Esse processo agrava o desgaste da estrutura como um todo, podendo evoluir para um quadro de artrose, que afeta a saúde das articulações e, consequentemente, dos ossos.

Além disso, outra possibilidade é uma alteração na cartilagem da patela, que causa inflamação e dor no joelho.

Formas de tratar e prevenir

O diagnóstico deve ser feito pelo ortopedista, que realizará a avaliação clínica e solicitará exames de imagem. O médico deve entender o histórico do indivíduo, bem como as atividades diárias que podem estar influenciando o problema.

O tratamento será indicado conforme cada caso. Geralmente, inclui sessões de fisioterapia com o objetivo de alinhamento das pernas e fortalecimento muscular.

O fisioterapeuta deverá avaliar vários aspectos relativos ao movimento que a pessoa faz ao caminhar, assentar e o tipo de pisada. O uso de palmilhas ortopédicas também pode ajudar na correção da alteração.

A intervenção cirúrgica não é descartada, mas será indicada para casos específicos.

Cuidados importantes

Algumas medidas são favoráveis para prevenir consequências do joelho valgo. Seguem exemplos:

  • manutenção do peso saudável para não sobrecarregar as articulações;
  • fortalecimento muscular com acompanhamento especializado;
  • uso de palmilhas para prevenir a evolução das dores;
  • uso de calçados confortáveis;
  • consulta com o ortopedista para avaliação corporal.

Um importante alerta é que, apesar de o joelho valgo causar dor em algumas pessoas, a automedicação nunca é indicada. Somente o ortopedista poderá prescrever qualquer tipo de analgésico ou anti-inflamatório.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte!

Autor:

Dr. Marco Túlio
Dor no joelho após corrida: como tratar?dor no joelhoJoelho inchado: 4 causas e tratamentos

CONTATO DR. MARCO TÚLIO




Atendimento:

Ortolife
Avenida do Contorno Nº 4747 Sala 901
Bairro: Funcionários
Telefone: (31) 3223-5080

D.A.L
Av. Pres. Antônio Carlos, 1694
Bairro:  Cachoeirinha
Telefone: (31) 3421-4666

Médico:

Dr. Marco Túlio Lopes
Ortopedista – CPM 23655

Desenvolvimento:

Formulário de Contato







    WhatsApp chat