Joelho torto: saiba mais sobre isso

Joelho torto: saiba mais sobre isso

Você já ouviu falar em joelhos tortos em “X” ou pernas de caubói? Trata-se, respectivamente, dos chamados joelho valgo e joelho varo. Essas deformidades são normais até certa fase do crescimento, mas, se não corrigidas espontaneamente, demandam tratamento. Mas, afinal, essa condição tem explicação?

Joelho varo fisiológico

Por incrível que pareça, esses desvios são fisiológicos na primeira infância. Nos primeiros 2 anos de vida, toda criança apresenta o joelho varo. Essa é uma deformidade caracterizada pelas pernas arqueadas, ou seja, a articulação está desviada para fora.

É conhecida como “pernas de caubói”, pois a aparência se assemelha com a de alguém montado em um cavalo. De forma ilustrativa, os tornozelos se encostam, mas os joelhos ficam afastados.

Joelho valgo fisiológico

Entre 2 e 4 anos de idade, é natural que o joelho que era varo se torne um joelho valgo. Esse posicionamento, por sua vez, refere-se aos joelhos que são voltados para dentro, deixando as pernas com um formato em “X”. Ao contrário do varo, aqui os joelhos se aproximam e os tornozelos se separam. Esse desvio é comum até os 7 anos de idade, quando os joelhos da criança tendem a se normalizar.

Como esse desalinhamento é fisiológico nessas respectivas faixas de idade, os joelhos tortos não apresentam dor associada. Isso acontece porque os ligamentos das articulações nas primeiras fases do desenvolvimento infantil são frouxos, o que reduz a estabilidade das articulações dos joelhos. Mas, a partir do momento em que a criança ganha maturidade esquelética, essas deformidades somem de forma natural e progressiva.

Joelhos tortos na fase adulta

Lembram-se do Quico, personagem do Chaves? Os mais atentos perceberão que ele possui um joelho valgo, isto é, os joelhos mais próximos. Os fãs de futebol lembrarão do “Mané Garrincha”, “o anjo das pernas tortas”. O craque da seleção brasileira simplesmente tinha o joelho esquerdo varo e o joelho direito valgo. Isso reforça um questionamento: e se essa anormalidade persistir até a idade adulta?

Ter alguns graus de joelho varo ou valgo na fase adulta não significa propriamente uma doença. No entanto, se isso provoca sensação de instabilidade em tarefas simples, como andar e correr, ou dor progressiva, provavelmente há necessidade de intervenção.

Uma das causas dessas deformidades é a doença de blount, que provoca distúrbios na placa de crescimento interna da tíbia, levando a uma deformidade em varo e necessitando de cirurgia.

Porém, no geral, dificilmente há necessidade de cirurgia para corrigir os 2 desvios. Mulheres, por exemplo, possuem 2 vezes mais chances de apresentar o joelho valgo, por conta do tamanho do quadril. Os tratamentos disponíveis envolvem o uso de órteses, exercícios de fortalecimento, fisioterapia e acompanhamento médico.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte!

Autor:

Dr. Marco Túlio
Quais as lesões mais comuns no futebol amador?futebol amadorcorrerDicas para evitar problemas no joelho na hora de correr

CONTATO DR. MARCO TÚLIO




Atendimento:

Ortolife
Avenida do Contorno Nº 4747 Sala 901
Bairro: Funcionários
Telefone: (31) 3223-5080

D.A.L
Av. Pres. Antônio Carlos, 1694
Bairro:  Cachoeirinha
Telefone: (31) 3421-4666

Médico:

Dr. Marco Túlio Lopes
Ortopedista – CPM 23655

Desenvolvimento:

Formulário de Contato







    WhatsApp chat