Hoffite: diagnóstico e tratamento

Hoffite: diagnóstico e tratamento

Para que você possa entender um pouco melhor o que é a hoffite é necessário explicar como ocorre essa condição.

Nós possuímos no joelho uma gordura denominada Hoffa, que se encontra atrás do tendão patelar, servindo como amortecimento das articulações e da região anterior do joelho, fazendo também o papel de nutrir o tendão patelar.

Esse coxim é muito importante para prevenir dores, atritos e preservar a saúde dos joelhos. No entanto, em alguns casos essa gordura pode inflamar. Então começa o problema. A partir do momento em que a gordura de Hoffa inflama, ocorre a hoffite.

Causas

Por serem os joelhos responsáveis por aguentar praticamente todo o peso do corpo, é natural que, com o passar dos anos, eles sofram algumas lesões. No entanto, a dor aguda que durar dias, semanas ou até meses precisa ser investigada.

Quando a dor é normal, ela é sentida no dia seguinte a um exercício físico ou após um longo dia de trabalho. Desaparece, naturalmente, dentro de alguns dias. Assim, é possível que não seja nada demais. Ainda assim é importante uma consulta com o médico para garantir.

Quando a dor ultrapassa dias e é muito forte, precisa ser investigada, pois algo está errado.

A hoffite é causada principalmente pelo uso excessivo das articulações do joelho, ou por aguentar sobrecarga desnecessária. Geralmente, essa inflamação é bem comum em atletas de alto rendimento, como corredores, maratonistas, ultramaratonistas e ciclistas.

Diagnóstico

O diagnóstico de hoffite pode ser descoberto através de exames físicos, de imagem, como raio-x, ressonância magnética e ultrassom.

É importante que se saiba identificar os sintomas e o local da dor, pois, antes que sejam solicitados os exames de imagem ou os exames necessários para o diagnóstico, deve-se saber indicar há quanto tempo estão ocorrendo as dores, o grau da dor, o local, se teve febre e se o joelho inchou em algum momento. Uma anamnese completa para que se possa fechar um diagnóstico mais preciso.

Tratamento

Por ser tratar de uma inflamação, é necessário saber a origem da causa. Se foi excesso de exercício, perda de gordura, etc. Os tratamentos convencionais incluem medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos, fisioterapia para a reabilitação e fortalecimento das articulações e compressa com gelo diariamente.

Também pode ser indicado o tratamento com laser e ultrassom, pois o calor tende a acelerar o processo de recuperação e diminuir a inflamação.

A cirurgia é indicada quando nenhuma das alternativas deu resultado, ficando em último caso.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte!

Tags:

Autor:

Dr. Marco Túlio
8 formas de prevenir problemas no joelhojoelhoosteotomiaOsteotomia do joelho na tíbia: entenda o que é e quando é recomendada

CONTATO DR. MARCO TÚLIO




Atendimento:

Ortolife
Avenida do Contorno Nº 4747 Sala 901
Bairro: Funcionários
Telefone: (31) 3223-5080

D.A.L
Av. Pres. Antônio Carlos, 1694
Bairro:  Cachoeirinha
Telefone: (31) 3421-4666

Médico:

Dr. Marco Túlio Lopes
Ortopedista – CPM 23655

Desenvolvimento:

Formulário de Contato







    WhatsApp chat