Como funciona a recuperação da artroscopia do joelho?

Como funciona a recuperação da artroscopia do joelho?

A artroscopia é um dos procedimentos cirúrgicos mais comuns, realizado em muitos pacientes em todo o mundo, e seu objetivo principal é a correção de lesões que podem acontecer nos joelhos.

Essa cirurgia é feita com o auxílio de uma câmera introduzida na articulação, que permite aos médicos observarem toda a estrutura interna do joelho, permitindo a identificação dos problemas e a correção de forma rápida e muito eficaz.

Principais indicações da artroscopia

A artroscopia tem uma utilidade muito grande na recuperação dos joelhos e de problemas na articulação, podendo corrigir uma série de lesões que podem acometer a região.

Assim, é um procedimento utilizado especialmente quando os traumas provocam, por exemplo, rupturas e lesões de ligamentos e menisco. Dessa forma, as principais causas que levam à realização da artroscopia são os impactos muito fortes, choques e pancadas que provoquem esse tipo de lesão.

Além das pancadas e dos impactos sofridos pelo joelho, as torções também são uma causa bastante comum da necessidade de uma artroscopia. Por isso, os praticantes de esportes são mais suscetíveis às lesões no joelho e, consequentemente, precisam se submeter ao procedimento.

A recuperação da artroscopia

O processo de recuperação e reabilitação após o procedimento de artroscopia pode ser bastante variado, dependendo muito de detalhes da cirurgia, como a forma como foi feita, se há ou não retirada de menisco, entre outros.

Na maioria das cirurgias de artroscopia é indicado que, no primeiro dia após o procedimento, não se exija muito do joelho, sendo que usualmente não é necessário o uso de muletas ou de cadeira de rodas, evitando apenas que a articulação sofra algum tipo de pressão.

As diferenças, porém, se fazem bastantes presentes na recuperação de acordo com o procedimento realizado para a artroscopia. Nos casos em que há a sutura ou naqueles em que é feito o reparo do menisco, é normal que a recuperação seja lenta, uma vez que é necessária a cicatrização do menisco antes que o paciente volte a realizar movimentos e atividades.

A cicatrização do menisco e das possíveis suturas leva um tempo relativamente grande, o que faz com que o paciente aguarde algumas semanas até o início de sua recuperação completa e volta à rotina normal.

Diferentemente, nos casos em que há a retirada de parte do menisco, a recuperação é mais rápida, permitindo que o paciente em pouco tempo possa voltar a realizar movimentos e iniciar sua reabilitação completa.

De forma geral, mesmo quando há sutura ou reparos no menisco, a artroscopia é um procedimento que possibilita uma recuperação muito mais rápida em relação às cirurgias tradicionais, proporcionando, por meio de métodos minimamente invasivos, uma recuperação completa e rápida, de forma que os exercícios fisioterápicos e de fortalecimento possam ser iniciados o mais rápido possível.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte!

Autor:

Dr. Marco Túlio
Joelho estalando: o que pode ser isso?Joelho estalandoTendinite do corredorTendinite do corredor: você já ouviu falar disso?

CONTATO DR. MARCO TÚLIO




Atendimento:

Ortolife
Avenida do Contorno Nº 4747 Sala 901
Bairro: Funcionários
Telefone: (31) 3223-5080

D.A.L
Av. Pres. Antônio Carlos, 1694
Bairro:  Cachoeirinha
Telefone: (31) 3421-4666

Médico:

Dr. Marco Túlio Lopes
Ortopedista – CPM 23655

Desenvolvimento:

Formulário de Contato







    WhatsApp chat