Artroplastia: como é o pós-operatório?

Artroplastia: como é o pós-operatório?

Em razão da degeneração total ou parcial da articulação do joelho, uma cirurgia se faz necessária, para a reconstrução da área com a implantação de uma prótese. A cirurgia se chama artroplastia de joelho. Trata-se de um procedimento cirúrgico já utilizado há mais de 50 anos para tratar patologias nesta região.

Logo após a cirurgia, inicia-se a fase pós-operatória, com a atuação do fisioterapeuta. Essa fase é a responsável por agilizar a melhora do paciente, de forma que esse possa restabelecer os movimentos da área operada o mais rapidamente possível.

Com esse pós-operatório, recuperam-se o equilíbrio, a marcha e reduzem-se as comorbidades motora / respiratória. Consequentemente, diminui-se o tempo de internação.

Se essa fase não tiver início rápido, logo após a cirurgia, o paciente corre o risco de desenvolver outras complicações, tais como retenção urinária, trombose venosa profunda, problemas respiratórios entre outros.

Depois da cirurgia, quando é iniciado o pós-operatório da artroplastia?

No dia seguinte da operação. Enquanto permanece no leito, o paciente tem o membro operado erguido e é estimulado a fletir e estender o joelho.

Geralmente isso é feito com o auxílio de uma almofada para apoio na região do calcanhar, de forma que ajude o retorno do sangue e diminua a dor da operação.

Como se dá o início do pós-operatório?

São ministrados alguns exercícios de respiração e limpeza de vias respiratórias, tais como tosses forçadas e tapotagem; além de exercício para expansão dos pulmões (em que o paciente deixa os lábios semiabertos e promove a expansão basal posterior, a fim de tornar a respiração mais fácil e sem quaisquer transtornos).

Em seguida, são aplicados exercícios isométricos para trabalho do joelho e do quadril, tais como flexão do quadril e exercícios de bombeamento voltados para a articulação dos membros que não passaram por cirurgia e também dos tornozelos.

Esses exercícios têm o objetivo de melhorar a circulação do sangue, favorecendo a diminuição da dor no pós-operatório da artroplastia e poupando o membro de qualquer edema.

No dia seguinte à cirurgia inicia-se a marcha com auxílio do andador.

Quando o paciente, nos 2 primeiros dias após a cirurgia, encontra-se sob sistema de polias, os exercícios consistem em flexão e extensão do quadril com a coxa apoiada na tipoia.

Quanto aos joelhos, o fisioterapeuta ministrará uma flexão e uma extensão com exercícios para estimular o bombeamento do sangue e reduzir os riscos de tromboflebite e embolia pulmonar, além do estímulo muscular.

Caso o paciente também apresente problemas noutras articulações por conta de artrite, o médico ministrará outros exercícios para essas áreas específicas.

Avanço no pós-operatório

Por volta do 4.º dia do pós-operatório, o paciente já pode praticar novos exercícios, dessa vez, sentado na cama: quando mantém o quadril em 45.º de flexão, com as pernas afastadas. Em seguida, é a vez de tentar ficar de pé, praticando a marcha com muletas, em barras paralelas ou em andador. Assim, continua a sustentar o peso do corpo direto no joelho, ou seja, na região que fora operada.

Agora você já sabe um pouco sobre a artroplastia.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte!

Autor:

Dr. Marco Túlio
Prótese de joelho: como é feita a cirurgia?Epicondilite: sintomas, causas e tratamento

CONTATO DR. MARCO TÚLIO




Atendimento:

Ortolife
Avenida do Contorno Nº 4747 Sala 901
Bairro: Funcionários
Telefone: (31) 3223-5080

D.A.L
Av. Pres. Antônio Carlos, 1694
Bairro:  Cachoeirinha
Telefone: (31) 3421-4666

Médico:

Dr. Marco Túlio Lopes
Ortopedista – CPM 23655

Desenvolvimento:

Formulário de Contato







    WhatsApp chat